AsiaMalásia

Primeira parada na Ásia: Kuala Lumpur (Malásia)

By fevereiro 28th, 2016 2 Comments
fish-spa-kuala-lumpur

Em 2010 fiz um mini-sabático de 4 meses pelo Sudeste Asiático, uma viagem que eu carinhosamente apelidei de Segura-em-Desemprego (o nome do meu antigo blog), porque eu estava realmente a salvo e estava usando o meu seguro-desemprego pra fazer o que eu mais gosto: aprender o que o mundo ensina.

O vôo que me levou ao paraíso na terra (A.K.A. Ásia) foi pela companhia Air Asia e foi de Londres, na Inglaterra, a Kuala Lumpur, na Malásia. Eu estava indo sozinha pra minha primeira empreitada de longa duração. Sendo assim, e mesmo tendo falado com amigos que já tinham feito esse roteiro antes, muita coisa você acaba aprendendo na hora, descobrindo as manhas no momento, dando sorte ou azar, dependendo da ocasião. Já tinha viajado sozinha antes, muitas vezes, mas encarar a Ásia sozinha foi desafiador, divertido, interessante, incrível, maravilhoso.

– No avião só é permitido levar 7 Kg como hand luggage – eu tinha 9, paguei 10 pounds. Blée. (sempre foram 10 quilos, mas não, ali não era, e eu não decorei as regras da passagem, mea culpa)

– Te perguntam se você tem bilhete para continuar a viagem, eu mostrei a reserva de Singapura pro Vietnam e…ufa! Ainda bem que eu tinha feito reserva pro seguinte país e estava com ela em mãos.

– Cachaça não é água não: só porque você já cruzou o Atlântico rumo ao Brasil (ou à Europa) naqueles aviões super equipados da Tam, Ibéria, Tap e até Air China, isso não quer dizer que todos os aviões de longa distância sejam iguais!! Low Cost é Low Cost e ninguém terá pena de você e vai trazer travesseiro, cobertor e água sem que você pague. Esqueça mini televisões passando filme, esqueça ter que escolher entre cerveja ou vinho. Quer algo? É só pagar e você terá. Esqueceu seu cobertor? Azar. Quer pagar com cartão? Não pode (em 2010 não podia). Pelo menos o meu vôo a Kuala Lumpur estava vazio e eu pude me espichar no banco….mas faltou um cobertor e uma televisaozinha…isso faltou!! Pelo menos aceitaram meu €uros para comprar comida, senão eu ia ter que começar um regime forçado! 😉

Cheguei bem, comprei um SIM card por 8,50 RM (2 Euros) e fui até a casa da minha host do Couchsurfing tranquilamente. E à tarde, além de dar uma volta no centro, fiz uma coisa que adorei: deixei peixinhos beliscarem meus pés (e paguei – pouco – por isso!). No Central Market, 10 minutos de Fish Spa custam 5 RM e são capazes de acabar com aquele sono de jet leg que insiste em não ir embora!

Clique aqui para ver o vídeo dos peixes esfomeados
Suzana

Suzana

Jornalista e travel blogger. Aprende o que o mundo ensina e inspira as pessoas a viajarem. Já morou na Finlândia, já trabalhou na Disney, fez o Caminho Inca e vai como peregrina a Santiago de Compostela frequentemente. Vive atualmente em Madri e continua transformando seus feriados e férias de 23 dias ao ano nos melhores períodos da sua vida.

2 Comments

Leave a Reply